“Temos dias específicos para a chegada da flor importada”


“Temos dias específicos para a chegada da flor importada”

Vítor e Anabela Araújo são os proprietários da Florineve, uma empresa portuguesa sediada no Montijo e que se dedica à produção e comercialização de flores. Fomos conhecer este casal e desvendar alguns “segredos” sobre o fornecimento de flores.

Que quantidade de flores pode ser adquirida por cada florista individualmente?   

A quantidade que cada cliente quiser comprar é possível ser adquirida. Temos dias específicos para a chegada da flor importada e, portanto, agilizamos as quantidades necessárias com antecedência e o comercial alocado a cada cliente fará essa gestão da melhor forma, sempre com o intuito de garantir a satisfação do cliente. 

Existe alguma seleção de qualidade de produtos? 

Sim, trabalhamos com boa qualidade de flor e, dessa forma, tentamos ao máximo fazer essa seleção e aconselhamento. Por exemplo, se um cliente pedir determinada flor numa determinada época, o comercial poderá aconselhar se é uma boa altura para essa flor ou se poderá não corresponder ao expectável, uma vez que estamos a falar dum produto sazonal. Se o cliente ficar satisfeito, nós ficamos realizados e, portanto, gostamos de trabalhar com a melhor qualidade de produtos. 

Leia o artigo completo subscrevendo a Revista do Florista.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

20 + 16 =

×